O que fazer perto de Curitiba: São Luiz do Purunã

img_8351

imagem: Site oficial de São Luiz do Purunã

Mora em Curitiba e quer fazer algo de diferente? Se você gosta de contato com a natureza, coloque São Luiz do Purunã na sua lista de roteiros. Localizada a 47 quilômetros de Curitiba, essa cidade paranaense é uma caixinha de surpresas, rica em história, atividades esportivas e principalmente belezas naturais.

A região possui muitos rios, lagos, cachoeiras e paradões, que há muito tempo eram utilizados pelos primeiros habitantes da região, os índios da tribo carijó, como proteção contra possíveis invasores. Hoje, os atuais moradores de São Luiz do Purunã utilizam as terras para a agricultura, mas o turismo acaba sendo o ponto mais forte da região.

Mas então, o que é que tem para fazer em São Luiz do Purunã?

Um dos lugares mais visitados na região é o Recanto dos Papagaios, que é uma área bem verde, com estrutura para aquele churrasquinho de domingo. Além disso, o recanto possui várias piscinas naturais, que ficam às margens do Rio dos Papagaios, em que é permitido mergulhar.

Falando em mergulho, outra opção é a Lagoa da Pedreira, com águas bem claras, em que é possível ver até os pés. Ela ganhou esse nome por ficar próxima de uma pedreira de mais de 80 metros de altura.

Acha que as opções para se banhar acabaram? Claro que não! As paisagens ficam ainda mais lindas nas cachoeiras do Tamanduá e do Bugue.

Se mergulhar não é muito o seu forte, São Luiz do Purunã tem ainda várias opções para fazer trilhas e caminhadas no meio das matas.

Mas o grande forte da região são as cavalgadas, que percorrer estradas rurais, campos, florestas nativas, rios e cânions (sim, São Luiz do Purunã também tem cânions). As cavalgadas são bem tradicionais por lá, principalmente pela herança dos tropeiros e das famílias que formaram a região. Se você gosta dos cavalos, uma vez por mês não dá para perder a famosa cavalgada da Lua Cheia, com passeios debaixo de um céu bem iluminado.

Pousada Varshana

imagem: Portal Comunicare

Agora chega a parte para os mais aventureiros, resistentes e corajosos: o cicloturismo, rapel e escalada. As aventuras são de intensidade considerada moderada, até para as pessoas que estão mais acostumadas com as bicicletas. Alguns preferem fazer todo o trajeto, desde de Curitiba até São Luiz do Purunã de bike, mas a cidade também oferece rotas específicas para explorar sob duas rodas.

Lembra que eu falei do paredão próximo a uma lagoa? Ele não é o único da cidade. São várias opções, separadas em cinco setores, para quem curte fazer um rapel ou escalada. Quando você estiver na BR 277, a caminho de São Luiz do Purunã, já é possível ver alguns desses paredões. Normalmente, eles locais costumam ter instrutores preparados para te ajudar com os equipamentos de segurança e até te dar algumas dicas para curtir ainda mais o momento, seja você iniciante no assunto ou até mais profissionais.

*Fonte: Site oficial São Luiz do Purunã, G1 e Gazeta do Povo

Beijos e qualquer coisa, conte comigo!

Gi Salvatti.

Giovanna Salvatti
Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *