Viagem para Abu Dhabi

Abu Dhabi

 

Por Christiano Goulart

O clima daqui faz Bangu parecer Campos do Jordão (no inverno). O termômetro marcou mais de 50 graus, com umidade superior a 60% e eu já vi sauna mais confortável que isso. Como não podia perder a oportunidade de um mergulho no Golfo Pérsico, descobri que realmente existe água quente no mar.

Abu Dhabi

E nem pense em comparar com a água pseudo-morna do nordeste do nosso país. A praia de Abu Dhabi só falta ferver. Chega a incomodar de tão quente e você não demora muito a descobrir que fora da água é até menos quente.

Abu Dhabi

Sal é outra coisa que não falta na praia e, logo depois que você achava que seus olhos estavam em brasa porque caiu UMA GOTA de água salgada nele, em volta da boca arde como se não houvesse pele protegendo a carne do sal.

Final de semana para eles é sexta e sábado. Domingo é dia útil, normal. Isso até que faz algum sentido.

Outra coisa bem diferente é não poder beber água e mascar chiclete em público, no entanto, sair de um bar fedendo a cigarro dos pés a cabeça é normal.

Não se pode também ter qualquer relação de carinho com uma mulher, como abraçar ou andar de mãos dadas, mas não tem problema se isso for feito com um homem.

Abu Dhabi

 

Enquanto todo mundo está cortando árvores desesperadamente pelo mundo (principalmente no Brasil), os caras vão na contramão e estão transformando um deserto em um lugar cheio de vida verde.

O lugar é muito rico. Seus habitantes, apesar de não serem muito de trabalhar, ganham casas do governo quando atingem uma determinada idade. Se não me engano, aos 35 anos.

Abu Dhabi

 

Como este é o período do Hamadan (Ramadã ou Ramadão), todos os restaurantes e lanchonetes estão fechados. Isso porque os que seguem esta religião (muçulmana), não se alimentam nem bebem água enquanto houver sol, isto é, entre as 4 da manhã e 7h30 da noite. É ISSO MESMO!

 

– – – –

Christiano Goulart ou “Carioca”, como é chamado carinhosamente pelos amigos. Tem 40 anos, é casado com a Érika. Gosta muito de suco verde, açaí e mate. É instrutor técnico de ROV (um tipo de veículo subaquático) e tem como paixão o ciclismo.

Participou de inúmeras competições e tem ótimos tempos em competições como o Audax. Foi campeão do ranking estadual de Mountain Bike do Rio de Janeiro em 2011 e já completou algumas das provas mais duras do mundo, como Cape Epic (África do Sul) e Brasil Ride (Chapada Diamantina).

 

Abu Dhabi  Abu Dhabi  Abu Dhabi  Abu Dhabi

Giovanna Salvatti
Partilhar:

1 Comment

  1. Jovimari Balotin
    dezembro 7, 2017 / 5:43 pm

    Show de texto!
    O Christiano é um aventureiro que vive e escreve intensamente.
    Meu amigo de pedal, Parabéns!
    🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *